Escolha uma Página

 

Fonte: https://www.portaldofranchising.com.br 29/06/2018


Na última semana de junho, entre os dias 27 e 30, o Expo Center Norte, na zona norte da cidade de São Paulo, recebeu a ABF Franchising Expo 2018, maior feira de franquias da América Latina. O evento, que aconteceu pela 27ª vez, representa uma grande oportunidade para interessados em abrir o próprio negócio, já que reúne mais de 400 marcas franqueadoras e outras centenas de atividades voltadas a quem deseja entrar para este mercado.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), mais de 65 mil pessoas percorreram os corredores do expo até o último dia de feira a fim de conhecer negócios inovadores. E, para ajudar você que não teve tempo de dar uma passada por lá, o Portal do Franchising visitou o evento e selecionou as maiores novidades e tendências desse mercado que movimentou R$ 163 bilhões em 2017.

Com o resultado, o franchising brasileiro cresceu 8% no ano passado, na comparação com 2016. E ainda há muito espaço para avançar. Só 45% dos municípios brasileiros possuem franquias, o que mostra a existência de uma grande demanda a ser suprida.

Na feira, que recebe investidores de todas as partes do País, a maior parte das redes expositoras pediam investimento inicial entre R$ 50 mil a R$ 500 mil, mas ainda haviam diversas opções a partir de R$ 3 mil e até R$ 3 milhões.

Para o vice-presidente da ABF, André Friedheim, com esse leque de possibilidades, qualquer tipo de empreendedor pode investir no franchising.

“Hoje, qualquer pessoa pode ter uma franquia. Desde que, claro, se prepare, se informe, passe pelas etapas de entendimento do negócio e exclua quaisquer tipos de vícios que possam prejudicar a franquia. É função do franqueador torná-lo capacitado para operar.”

 

E você, acha que está preparado? Então confira o que bombou na feira ABF 2018 e escolha o seu negócio.

Quiosques

Eles vieram para ficar. Nos últimos anos, as redes de franquias criaram formatos de negócios mais enxutos. Ou seja, são mais baratos para montar, gerir e possuem atrativos como a possibilidade de recuperar o investimento em poucos meses.

Os quiosques estão nessa barca. É cada vez mais comum vê-los nos shoppings, terminais de transporte, aeroportos, condomínios e locais onde há bom fluxo de pedestres.

Na ABF Franchising Expo deste ano, eles também estiveram espalhados por todo o pavilhão. Diversas redes de franquias lançaram novos modelos de negócios formatados em quiosques durante a feira. Outras, já possuíam esse tipo de operação e renovaram seus espaços. Algumas delas estão nesse material sobre franquias em quiosques.

Abaixo, você confere uma seleção com os quiosques que foram destaque da feira da ABF 2018:

 

abf franchising expo 2018 megamatte

Megamatte tem mais de 100 unidades em funcionamento no Brasil. Quiosque parte de R$ 199 mil.

 

abf franchising expo 2018 mundo verde

Quiosque da rede de produtos saudáveis e orgânicos Mundo Verde: investimento parte de R$ 120 mil.

 

abf franchising expo 2018 yes cosmetics

A partir de R$ 105 mil, você pode adquirir um quiosque da franquia Yes Cosmetics

 

Franquias de quiosque - hashtec

#Hashtec é focada em assistência técnica para celular e é possível abrir um quiosque por R$ 65 mil

ABF franchising Expo 2018 - Atitude

Atitude Point é uma das maiores franquias do seu segmento. Quiosque parte de R$ 95 mil

abf franchising expo 2018 fatto a mano

Moda masculina também pode ser bom negócio em quiosque. O da Fatto a Mano, parte de R$ 170 mil

 

Franquias de quiosque - piticas

Focada no público geek, a Piticas tem como modelo de negócio o seu quiosque, que custa R$ 100 mil

abf franchising expo 2018 açai concept

Escolhida como um dos estandes mais bonitos da ABF Expo, Açaí Concept tem quiosque a partir de R$ 80 mil

Franquias de quiosque - imaginarium

Famosa, a Imaginarium tem quiosques espalhados por todo o País. Investimento parte de R$ 70 mil

abf franchising expo 2018 mundo cheff

Recém-lançado, modelo de quiosque da rede Mundo Cheff tem investimento inicial de R$ 88 mil

abf franchising expo 2018 sterna café

A partir de R$ 120 mil, é possível abrir um quiosque da rede Sterna Café

Alimentação saudável

Outro segmento que bombou na feira da ABF é o de alimentação saudável. O mercado está atento a um constante movimento por parte do consumidor que busca levar uma vida mais benéfica, principalmente no que diz respeito à saúde.

Segundo a agência de pesquisa Euromonitor, o mercado de alimentação saudável cresceu 98% entre os anos de 2009 a 2014 no Brasil. Veja outros dados desse setor:

  • R$ 93,6 bilhões movimentados em 2016 no Brasil;
  • 12,3% é a média de crescimento ao ano no Brasil na última década;
  • 8% é a média de crescimento em outros países;
  • 5º lugar no ranking mundial desse segmento;
  • Orgânicos é o nicho com maior crescimento nos últimos 5 anos (18,5%).

 

Para o CEO da rede de franquias focada em alimentação saudável Saladenha e diretor da consultoria Franchise Solutions, Pedro Almeida, ainda há uma grande demanda a ser suprida pelos negócios voltados à refeição saudável.

“Com o advento das pessoas buscarem realizar mais atividades físicas, observamos nos últimos anos um alto movimento de pessoas buscando de alimentar de forma mais saudável. Afinal, não adianta apenas realizar as atividades e se alimentar mal. A alimentação acompanha esse processo e, por isso, esse tipo de negócio começou a decolar.”

Algumas marcas direcionadas a esse segmento, inclusive, foram lançadas durante a própria feira ABF 2018, a exemplo da rede Saladices. Confira abaixo algumas delas.

ABF Franchising Expo 2018 - Tea Shop

Franquia de chás e orgânicos Tea Shop: para abrir uma unidade, o investimento é de R$ 145 mil

 

Franquias que buscam parceiros - Saladenha

A Saladenha é uma franquia de alimentação saudável e tem investimento inicial de R$ 60 mil

 

ABF Franchising Expo 2018 - Sucão

Franquia Sucão: abrir uma unidade custa R$ 160 mil

 

Tecnologia

Parte do constante movimento de inovação das franquias é focado em novas soluções tecnológicas que facilitem o trabalho do franqueado e melhorem o atendimento ao cliente. Na ABF Franchising Expo 2018, muitas delas foram mostradas na prática ao público e já estão disponíveis nos pontos de venda das redes.

Um desses exemplo estava no estande da rede Mr. Cat, que investiu em um provador de roupas inteligente, onde o cliente tem acesso a um espelho touch screen. Nele, o visitante pode solicitar itens ao vendedor e verificar a disponibilidade de produtos no estoque.

Já o Mercado dos Óculos, franquia do setor de óticas, criou em parceria com a Totvs um provador de óculos virtual. Através de uma câmera, o cliente experimenta o produto e pode até enviar uma imagem para um amigo ou alguém da família, o que facilita a troca de informações e, na prática, pode gerar uma conversão maior de vendas.

De acordo com o diretor de operações do Mercadão dos Óculos, Fábio Nadruz, o aparelho ajuda a elevar a taxa de conversão de vendas em até 20%, além de economizar os custos com colaboradores.

A Havanna, dos famosos alfajores, está lançando seu próprio self-checkout. Também em parceria com a Totvs, a marca usa e abusa da inteligência artificial e dispensa a necessidade de colaboradores para realização do atendimento. Etiquetas eletrônicas também são artifícios cada vez mais comuns nas unidades das franquias.

A rede Água Doce – Sabores do Brasil, do empresário Delfino Golfeto, é outra que tem experimentado digitalizar o atendimento em suas unidades. As comandas dos restaurantes, por exemplo, podem ser digitais e os pedidos feitos via tablets pelo próprio consumidor.

Entre outras vantagens, as tecnologias disponibilizadas no Smart Mall, local montado pela ABF voltado à novas tecnologias experimentadas pelas franquias, podem gerar:

  • Diminuição de custos;
  • Novas soluções criativas e ágeis;
  • Experiência de compra mais interessante para o cliente;
  • Comodidade;
  • Melhora no atendimento;

 

Microfranquias

Neste ano, pela primeira vez, a ABF montou um espaço dedicado às franquias de baixo custo. Esse tipo de negócio tem investimento máximo de R$ 90 mil e é boa opção para quem quer ter um negócio, mas não tem o capital necessário para investir em uma franquia maior.

Os quiosques, vistos acima, podem ou não fazer parte desse segmento, a depender do investimento inicial pedido pela rede.

Nos corredores da expo, pôde se observar um grande movimento de visitantes à procura de microfranquias para investir. Grande parte desse público era formado por jovens que perderam o emprego recentemente. Mas esse não é um perfil exclusivo, já que existem tipos de negócios para qualquer perfil empreendedor.

As microfranquias têm uma grande vantagem em relação à redes maiores que é a possibilidade de recuperar o investimento aportado no negócio em poucos meses. Algumas franquias, por exemplo, prometem retorno do aporte em até 6 meses, por exemplo.  De acordo com a ABF, em 2016, operavam no país 557 marcas com unidades de franquias de baixo custo.

Abaixo, veja redes que  fizeram sucesso no Boulevard de Franquias da ABF Franchising Expo 2018.

ABF Franchising Expo 2018 - Emagrecentro

Franquia Emagrecentro tem investimento inicial a partir de R$ 60 mil para microfranquias ABF Franchising Expo

 

ABF Franchising Expo 2018 - Louyt

A partir de R$ 19,5 mil é possível se tornar um franqueado da Louyt Mobile Marketing

 

ABF Franchising Expo 2018 Franquia Mary Help

Franquia de limpeza Mary Help: para se tornar um franqueado, basta investir R$ 40 mil